Croft Vintage Port 2007

Croft Vintage Port 2007

Notas sobre o Ano Vitícola e a Vindima 
 
A época de crescimento de 2007 foi precedida por um inverno chuvoso que reabasteceu as reservas subterrâneas de água, depois de quatro anos quentes e secos. As condições húmidas continuaram na primavera e início do verão com temperaturas mais baixas do que a média combinadas com períodos de pluviosidade.
 
Não houve períodos significantes de calor intenso durante os meses de verão, o que garantiu que as canópias se encontrassem de boa saúde e prontas para beneficiar do clima quente que antecedeu a vindima. 
 
Nas duas primeiras semanas de setembro registaram-se temperaturas diárias constantes entre os 35ºC e os 38ºC. Estas condições quentes e secas fizeram amadurecer a cultura na perfeição, avançando a produção de açúcar e compostos fenólicos enquanto se mantinha a excelente acidez natural resultante de um verão relativamente fresco. Como consequência, a vindima produziu mostos perfeitamente equilibrados que deram lugar a vinhos com estilo e elegantes, cheios de vitalidade, com um carácter frutado concentrado e de soberba frescura.

Notas de Prova
Profundo negro-púrpura com estreita auréola magenta. O nariz é inebriante e poderosamente aromático exibindo abundância de ricos frutos sumarentos e notas exóticas de eucaliptos e de esteva, que são a marca dos vinhos da Quinta da Rôeda, nos quais se baseia este lote. Sumarento e delicioso na boca, com taninos discretos e bem fundidos e com um generoso final. 
 
Prémios e distinções
  • Neal Martin, www.erobertparker.com, Maio 2009 - Pontuação 93
Existe uma boa limpidez neste Croft de 2007. Não é o poder que o faz realçar mas sim a pureza com cerejas pretas, alcaçuz, violetas e um toque de iodo. Muito firme e enfocado. A boca é encorpada, com taninos musculados no início, amora pura, framboesa, pimenta branca e especiarias asiáticas no final. Muito bom enfoque, muito puro e harmonioso. Final sensual mas desvanece à medida que vai precisando de maior aderência e assertividade. Ainda assim, este é um belo Croft.
  • James Suckling, Wine Spectator, Maio 2007 - 92 Pontos
Bonitos aromas a cassis e chocolate preto, com toques de folhas verdes. Excelente nariz. Medianamente encorpado a encorpado, com taninos medianamente carnudos e um final fresco. Medianamente doce. Precisa de um pouco mais de garra no paladar e no final.